A Mais Pura Verdade



Sinopse: Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. 
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.


A Editora Novo Conceito, irá lançar dia 23 de março o livro A Mais Pura Verdade, de Dan Gemeinhart, e enviou uma prévia do livro para blogueiros, e aqui está minhas primeiras impressões do livro.

O livro tem capítulos narrado em primeira pessoa, e 1 ¹/² de capítulos com uma narrativa em terceira pessoa, que o foco é no momento paralelo ao do Mark, onde seus pais e Jess, estão desesperados por noticias suas, já que ele fugiu, com seu cão Beau.

Por ter apenas 12 anos e ter uma doença, Mark parece mais maduro e forte do que deveria ser, ele quer provar a si mesmo que consegue realizar seu objetivo de escalar o Monte Rainier, mesmo que isso seja a última coisa que faça em vida.

Isto é uma coisa que não entendo: por que as pessoas gostam de levar consigo uma coisa que as faz lembrar de que suas vidas estão indo embora.

A história é muito realista, o que eu gosto muito, e a amizade do Mark e Jess parece ser mais forte quando estão separados, o sentimento que sentem um pelo outro, e como são cúmplices, tem uma conexão e é muito bonito, pois se conhecem desde crianças, e são melhores amigos. Beau seu cachorro incrível e fiel o acompanha nessa jornada.

Seguir a aventura de Mark e torcer por ele, é o sentimento que senti lendo um pouco do livro, um garoto que não quer ter uma vida sem o sonho realizado, sozinho com seus itens de sobrevivência,
me identifiquei com esta história emocionante, e espero ansiosamente por mais.

Agora era minha vez. Minha vez de viver uma vida linda e corajosa. 
Minha vez de viver, até o dia em que eu morrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário