Harry Potter e a Pedra Filosofal por J. K. Rowling

Titulo: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Autor: J. K. Rowling
Editora: Rocco
Gênero: Infanto-juvenil/Aventura
Ano: 2000
Paginas: 263
Classificação: 5/5



Sinopse: Harry Potter é um garoto comum que vive num armário debaixo da escada da casa de seus tios. Sua vida muda quando ele é resgatado por uma coruja e levado para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Lá ele descobre tudo sobre a misteriosa morte de seus pais, aprende a jogar quadribol e enfrente, num duelo, o cruel Voldemort.


Opinião: Bom, todos já conhecem a história de Harry Potter, eu já vi todos os filmes, e resolvi ler os livros, mas são muito poucas as diferenças entre livro e filme, pois é uma adaptação muito fiel.

Harry, foi deixado ainda bebê na porta dos tios, por Dumbledore, Minerva e Hagrid, após a morte de seus pais, desde então, Harry não sabe nada sobre sua historia, de onde veio, quem realmente são seus pais e que é um bruxo. Os tios o tratam como um empregado na maior parte do tempo, mas apesar de tudo o que passa na casa dos Dursley, não é um menino amargurado ou rancoroso. Ele não gosta de ficar sendo maltratado, mas sempre dá um jeito nas coisas, misteriosamente.

No aniversário de onze anos, Harry recebe uma carta de Hogwarts, escola de magia e bruxaria, mas seus tios não permitem que ele a leia, então começa a chegar dezenas de cartas, e nenhuma Harry consegue ler. Seu tio Válter, fica tão irritado que decide ir para outro lugar, já que sua casa esta cheia de cartas. Hagrid, então entrega à Harry, sua carta, pessoalmente.

Quando Harry finalmente descobre que é um bruxo, conhece também um mundo novo, onde ele é famoso, e seus pais foram os melhores bruxos de Hogwarts. Em seu primeiro dia na escola de bruxos, Harry conhece Rony, um dos Weasley, com sua principal característica: cabelos ruivos. Os dois são escolhidos para ser da casa de Grifinória, Hermione e Neville também.

Neville aparece bastante no livro, sempre com Harry e Rony, já no filme não teve tanto destaque assim, no filme também ficaram algumas coisas de fora, Snap como juíz do jogo de quadribol, um dos feitiços pára chegar até a pedra, a entrega do dragão Norberto, alguns centauros que eles encontram na floresta, a música do chapéu seletor...  Bom são poucas as coisas, mas não deixa de ser um excelente filme!

A cada capitulo, uma nova aventura, o que é emocionante, e o livro nunca fica cansativo, com dragão, cão de três cabeça (Fofo), feitiços, unicórnios, centauros, quadribol, o homem de duas faces, e a 'volta' de Lord Voldemort.

Não quis fazer uma resenha, por que todo mundo conhece a história... Então achei melhor uma crítica /opinião sobre o livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário