[Resenha] Perdendo-me por Cora Carmack

Titulo: Perdendo-me (Losing It)
Autor: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Gênero: New adult/Romance
Ano: 2014
Paginas: 288
Classificação: 3/5



Sinopse: VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?


Resenha:                                               (LIDO EM  JANEIRO DE 2013)
Bliss está cursando artes cênicas na faculdade, é jovem de 22 anos e ainda virgem, ela e sua amiga Kelseysaem para um bar, onde Bliss, poderá encontrar alguém para perder sua virgindade, já que isso é um problema para ela, e que quer resolvê-lo o mais rápido possível.

Após umas e outras, Bliss está literalmente em ecstasy, e conhece um britânico charmoso, e à principio não pensa que ele possa ser um candidato para sua primeira vez, mas depois de alguns flertes, decide que está disposta a ariscar, já que ele também demostra interesse, Garrick, está no bar, e lendo um livro de Shakespeare.

Se essa é a sua tática para pegar garotas, eu sugeriria ir para um lugar com um pouco mais de fluxo.

Então, leva Bliss ao apartamento dela, de motocicleta, e a todo o tempo, ela fica estranhamente assustada, de como ele conhece seu endereço, se nem ao menos ela lhe disse, e quando chegam exatamente em seu condomínio, percebe que ele mora no mesmo lugar, e que ainda são vizinhos. Mas isso não a impede de continuar com seu plano, e tudo esta indo bem até que, Bliss percebe que esta tomando um grande passo,  e acaba deixando-o na mão.

Inspirei, lembrando-me de que eu era incrível. Eu não era insegura e nem tímida. Eu era apenas virgem. Nada demais. E se algum dia eu quisesse deixar de ser virgem, eu teria de fazer sexo. Hora de dar uma de homem... digo, de mulher de verdade.

Depois que se vêem na mesma faculdade, o clima fica mais embaraçoso, além de várias coincidências, ela o vê em todos os lugares, e algumas atitudes da Bliss, são extremamente infantis, ela não sabe quando tem que agir como adulta e tomar uma simples decisão. 

Cade, seu colega da faculdade, é o tipico amigo com um amor platônico, até que sente que possivelmente está sendo correspondido. Mas em todos os ensaios para a peça final, as coisas saem do controle, esclarecendo então as relações. O segundo livro, Faking It - conta a história dele.

Possuí certas situações que são bem clichês, mas o livro continua sendo bom, a escrita da autora é sensual (mas nada explicito), e engraçado também, a leitura é tranquila, rápida e a narrativa cativante.

Outros livros da autora:
Série - Losing It
1. Losing It
2. Faking It
3. Finding It

Nenhum comentário:

Postar um comentário