[Resenha] Sombra e Ossos por Leigh Barduco

Título: Sombra e Ossos
Autor: Leigh Bardugo
Editora: Gutenberg
Gênero: Ficção Juvenil
Ano: 2013
Paginas: 287
Classificação: 4/5



Sinopse: Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter. A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.


ResenhaO livro começa com uma breve introdução da infância de Alina e Maly, e segue com eles mais velhos ao longo da historia, Alina, que depois de sair do orfanato com Maly, vira cartógrafa de seu regimento militar, e Maly, um rastreador do primeiro exercito de Ravka.
Os Grishas fazem parte do Segundo exercito, onde somente eles possuem poder, nem o rei e a rainha, e o primeiro exercito tem poderes Grishas, sendo assim o segundo exercito é comandado pelo Darkling, o Grisha mais poderoso de Ravka.

O livro é narrado em primeira pessoa, e aparentemente numa época medieval, e o país sofre com um dos maiores problemas que é a Dobra das Sombras, que divide o país, por uma área obscura, com criaturas estranhas chamadas de volcras. A Dobra das Sombras foi consequência do egoísmo de Herege Negro.

O primeiro exercito e até o regimento de Alina, são enviados a Dobra das Sombras, após alguns acontecimentos, ela vê seu amigo Maly ser atacado, imediatamento tenta salva-lo revelando assim seu poder Grisha. Ao descobrirem que ela é uma Conjurada do Sol, Darkling a leva para o Pequeno Palácio, para treinar suas habilidades, Alina se torna a única pessoa capaz de destruir a Dobra, com seus poderes.
Eu tinha sido solitária a vida inteira, mas nunca tinha estado realmente sozinha, e isso não era algo tão assustador quanto eu imaginara.

O livro também traz um romance, mas não é o principal tema do livro, ele é mais focado na fantasia e na mitologia Grisha, apesar de ela ficar dividida por dois homens, isso não prejudica na leitura, e a autora criou um universo incrível e maravilhoso.

Lindo o livro, os desenhos e mapas, a diagramação e paginas grossas me deixou muito satisfeita com a editora.

O segundo volume se chama Siege and Storm e deve ser lançado ainda em 2014 pela Editora Gutenberg.
Os direitos de adaptação já foram vendidos para a DreamWorks.

Nenhum comentário:

Postar um comentário